Star Wars: Dívida de Honra (Resenha)

Lançado pela Aleph em 2017, Star Wars: Dívida de Honra é o segundo volume da Trilogia Aftermath (Chuck Wendig) e é continuação direta do Marcas da Guerra. Aqui, nós vemos a equipe de Norra Wexley caçando ex-imperiais que estão escondidos em recantos obscuros da galáxia em missões estilo black-ops. Tudo muda na rotina da equipe quando ela é escalada para ir atrás não de um imperial, mas sim de um rebelde muito bem conhecido, o ex-general Han Solo, que renunciou sua patente na Nova República para ir ajudar Chewbacca e libertar o planeta Kashyyyk das mãos do império.

Nesse livro, nós finalmente começamos a ver a Jornada para Star Wars: O Despertar da Força. Quem comprou o Marcas da Guerra sabe muito bem que essa é a frase que está estampada na capa do livro, mas quando terminamos de ler o volume 1, não vemos qual a ligação dele com o Episódio VII, o que fez com que muita gente não gostasse do livro, já que ele foi o primeiro produto do novo cânone, e torcesse o nariz para sua continuação. Mas logo nas primeiras páginas de Dívida de Honra, finalmente, nós somos então agraciados com os elementos de ligação entre O Retorno de Jedi e O Despertar da Força, fazendo com que a frase lá da capa do livro anterior comece a fazer sentido.

IMG_5331

Aqui nós vemos mais da Leia e Han nesse intervalo entre os Episódios VI e VII, começamos a ver o desaparecimento do Luke, conhecemos o jovem Hux, temos menções ao Ben Solo, começamos a entender do panorama político que se formou após a queda do império e da aparente trégua que se formou entre os lados da guerra antes de O Despertar da Força e várias outras coisas.

IMG_5333

Se a trilogia tivesse começado daqui, aposto que ela teria sido bem melhor recebida, mas o livro anterior é importante para preparar o terreno para esse segundo volume, de forma que em Dívida de Honra não se tem perda de tempo com apresentações de personagens e introdução de tramas que já haviam sido iniciadas no livro passado.

Dívida de Honra é bem melhor que seu antecessor, finalmente nos mostrando a tal Jornada para O Despertar da Força, e ainda fazendo com que Marcas da guerra tenha muito mais sentido dentro do novo cânone de Star Wars.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s