‘Trinity #1’ começa de jeito sublime!

Quando pensamos em uma revista que reúne os três maiores heróis da DC Comics logo imaginamos um começo estrondoso e frenético. Essa ideia de que necessita-se de um evento de grandes proporções para que Superman, Mulher Maravilha e Batman se juntem é o oposto do que acontece em “Trinity #1“. E isso não é nem um pouco ruim, muito pelo contrário.

Francis Manapul, responsável pelo roteiro e desenho do título, faz algo simplista, beirando a serenidade que parece não existir nos universos quadrinescos: um simples jantar entre velhos/novos amigos. É lindo de se ver! Esse volume serve como uma breve introdução do que veremos a seguir: a reconstrução dos laços entre a Trindade da DC e a quebra das barreiras que foram criadas entre eles. A revista ainda é fechada com um ótimo cliffhanger que nos dá um leve nó na cabeça e nos faz queremos ler logo o próximo volume.

A arte da revista é sensacional e se encaixa perfeitamente com o tom escolhido para a história, o traço é leve, assim como as cores, e passa uma certa sensação de tranquilidade, deixando mais uma vez bem claro o intuito do Rebirth, que é retomar o otimismo e a esperança nas revistas da DC.

“Trinity #1” é mais uma excelente revista do Rebirth, nos mostrando muitas outras camadas dos heróis mais famosas da editora.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s