‘Wonder Woman Rebirth #1’ mostra o choque entre realidades! [Crítica]

Em “Wonder Woman Rebirth #1” vemos mais dos efeitos causados pelo Dr. Manhattan na realidade dos Novos 52 em uma espécia de viagem de ácido em busca da verdade.

A história, escrita por Greg Rucka, começa mostrando que a Mulher Maravilha se lembra de suas próprias origens de dois modos diferentes: em uma memória ela se lembra de sua origem clássica, onde ela é gerada de um molde de barro que tem a vida concedida pelos deuses do Olimpo. A segunda memória é de sua origem dos Novos 52, onde é concebida da relação de Hipólita com Zeus. Ainda não temos a confirmação de que esse choque de realidades é causado pelo Dr. Manhattan, mas pelo que vimos em “Rebirth #1” e “Superman Rebirth #1” temos bastante material para sustentar a especulação. “Wonder Woman Rebirth #1” é uma das revistas que mais mostra esse choque entre as eras pré e pós reboot, vemos que a história começa a seguir o rumo de consertar algumas decisões criativas controversas que haviam sido tomadas na fase N52.

Diferente das revistas lançadas até agora, o clima dessa história é bem mais série e até um pouco sombrio, levantando questionamentos sobre quem a Mulher Maravilha realmente é e sobre quem ela se tornou. Essa edição foge um pouco da proposta do “Rebirth”, que é otimismo e esperança, mas faz sentido do ponto de vista narrativo, esse é apenas o primeiro vislumbre do arco que está por vir e que provavelmente terá um tom mais brando.

A arte feita por Matthew Clark e Liam Sharp é bem genérica, mas é funcional e não tira o leitor da trama. A história serve como um breve resumo de alguns acontecimentos da fase N52 e como um direcionador para a nova era da DC.

Anúncios

Um pensamento sobre “‘Wonder Woman Rebirth #1’ mostra o choque entre realidades! [Crítica]

  1. Pingback: ‘Wonder Woman #1’ continua a busca pela verdade! | Soco Foguete

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s